h1

Tarde de chuva a caminho de casa

outubro 15, 2010

Hoje eu vi um céu de sal
chorando suas lágrimas
sobre um mar de prata

E o mar todo refletia a dor do céu

Faixos de luz insistiam em nascer
através das nuvens de sal
tentando rasgar a dor…
levar calor…

Mas só faziam ressaltar o brilho das lágrimas
que então entenderam serem mais do que realmente eram

E elas se fortaleceram
atacando furiosas o mar que
dolorido se encrespava
e magoado, de prata em cinza tornou
e junto com o céu chorou

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: